Posts Tagged ‘brocho’

Eu tavo pensano se eu ti di… caraí me isqueci, ti di ou não?

10/12/2009

Senhor da Glória, iluminai os cérebros (para alguns célebro…) dos seres humanos…
Não existe coisa mais broxante que um homem/mulher falando errado, pessoas, se necessário vamos ler mais e visitar as páginas do dicionário, que tal?

Imagine você, toda gata, sexy e pronta para seduzir na balada, mira aquele gatinho no bar e pensa: “É hoje…” chega lá e manda aquele: “Oooooooi”, o infeliz (ou dizinfiliz tanto faz para alguns) vira e fala: “Iaie, blezinha mina, eu tarra (isso seria estava) di olho in você…” Nem preciso continuar não é mesmo meninas.

Imagine essa situação que aconteceu com a minha mãe:

Lá estava ela trabalhando quando um cliente chega e conta a seguinte história:

“Eu conheço (ou cunheço) toooooodoooooos os puliciais (policiais) da cidade e você acredita que EU (indignação), EU FUI ABORTADO NA PORTA DE CASA!!! ABORTADO!!! LOGO EU! QUE ABIISURDO!!! EU NUNCA TINHA SIDO ABORTADO!!!”

Note que ele repetiu milhares de vezes que foi ABORTADO (abordado), eu tive dó da minha mãe que ficou de todas as cores antes de voltar ao normal só para não rir do escroto na frente dela enquanto imaginavamos como foi que ele tão prematuro conseguiu viver depois de um aborto.

Outra histórinha real:

Um casal conhecido desde que namorava vivia se enfiando em discussões porque o magnífico namorado não sabia conjugar o verbo dar. Ele sempre, sempre e sempre dizia: “Eu já di (dei) o doce pra sua mãe.” “Eu já di (DEI) o recado pra ele.” etc, etc. O fato é que ela dizia: “Amor, coisa linda da minha vida, não é di é dei.” e ele tão carinhoso, amoroso, simpático e amável como um cavalo respondia: “Eu sei, eu falo como eu quiser, se eu quiser falar eu dei eu falo, vá cuidar da sua vida…” Certa vez o magnifíco foi até uma loja de eletronicos efetuar uma compra e a vendedora perguntou: “Senhor, o senhor já entregou os documentos no crediário?”  e o bonito (bunito) responde: “Eu já di!” Você pode imaginar o resto? Não? Ela faz uma cara de incrédula e diz: “DI????????????????????”

Depois disso ele passou a falar dei, apesar de tantos avisos da amável e preocupada namorada ele precisou ouvir de alguém de fora para tomar vergonha na cara e o pior é que ainda teve coragem de falar pra ela esse absurdo!

Por que os homens não escutam as suas namoradas e mulheres????